Governo Federal assina decreto que extingue 500 cargos de Cirurgião-Dentista

158

O Governo Federal assinou um decreto que extingue 60,9 mil cargos da “administração pública federal direta, autárquica e fundacional”. A extinção também atingiu o cargo de Cirurgião-Dentista onde serão cortadas cerca de 500 vagas. O decreto foi publicado no diário oficial do último dia 10.

Para o SODF, a extinção de cargos de suma relevância para a sociedade, como é o caso dos Cirurgiões-Dentistas, demonstra o total desinteresse do Governo Federal em priorizar a saúde bucal como política de Estado relevante à sociedade brasileira.

A medida impede, ainda, que sejam abertos concursos públicos para determinadas funções.
No caso dos processos seletivos em andamento, o decreto impede a criação de vagas além daquelas que não estejam previstas em seus respectivos editais.

Os órgãos e entidades públicas terão até 19 de fevereiro para informar ao Ministério do Planejamento sobre os concursos abertos que envolvam os cargos englobados pelo documento do governo federal.