Podcast de estudantes da UFJF-GV aborda mercado de trabalho na área de Odontologia

26

Um diploma na mão e muitas dúvidas na cabeça. Essa talvez seja a realidade da maioria dos recém-formados. Foi percebendo isso que duas professoras do Departamento de Odontologia do campus da Universidade Federal de Juiz de Fora em Governador Valadares (UFJF-GV) idealizaram um podcast para tentar dirimir os anseios e inseguranças dos estudantes do curso em relação ao mercado de trabalho.

‘Sou Dentista! E agora?’ é uma série com seis episódios que abordam temas como residência na área, a atuação nas redes pública e privada, carreira militar e marketing digital, sempre com convidados que trabalham nesses segmentos. Os próprios estudantes do curso produzem e conduzem as entrevistas.

O discente Gabriel Melandes foi um dos responsáveis pelo episódio sobre oportunidades profissionais na carreira militar, que é um dos rumos profissionais que pretende seguir. Ele conta que “é muito difícil conhecer dentistas que estão em carreiras diferentes do padrão [atendimento em consultórios e na rede pública, por exemplo]” e que justamente por isso “os  estudantes do curso acabam seguindo esse mesmo caminho”.

podcast foi desenvolvido dentro da disciplina ‘orientação profissional’, que busca apresentar os diversos aspectos da profissão com os quais o aluno geralmente não tem contato na graduação. No campus, a disciplina é ministrada pelas professoras Francielle Verner e Larissa Reis.

Verner justifica a escolha pelo podcast por se tratar de um produto que “consegue aproximar os conteúdos dos alunos, uma geração que, de fato, consome muito o formato”. Outro ponto positivo da atividade, de acordo com a docente, é a utilização de uma metodologia ativa de aprendizagem, o ‘método 300’, caracterizado por explorar as potencialidades de cada participante.

Assim, aqueles discentes com mais facilidade em edição de áudio ficaram responsáveis por essa atribuição. Já os estudantes que têm intimidade com a câmera e o microfone conduziram as entrevistas. E as perguntas dirigidas aos entrevistados foram elaboradas pela própria turma, que definiu o que queria aprender.

podcast, segundo Verner, “teve uma excelente aceitação”, inclusive de estudantes de Odontologia de outras instituições de ensino, e que a pretensão é continuar com a iniciativa.