Nota publicada pela FIO, em apoio aos cirurgiões-dentistas da Secretaria de Saúde do DF e ao SODF

484

A diretoria da Federação Interestadual dos Odontologistas manifesta total apoio ao cirurgiões-dentistas da Secretaria de Saúde do Distrito Federal e, ao mesmo tempo, repúdio à intenção do governo Ibaneis Rocha de expandir o modelo de gestão do Instituto Hospital de Base para outras unidades de saúde do DF. 

O projeto de lei – que deverá ser votado em sessão extraordinária nesta quinta-feira, 24/1/19, e que tem por objetivo criar o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF – não passou pelo necessário debate com as entidades sindicais, com especialistas do setor, com o Conselho de Saúde do DF e muito menos com os usuários, maiores interessados na mudança proposta, não se justificando sua análise e votação em caráter emergencial.

De acordo com o Sindicato dos Odontologistas do DF (SODF), o projeto abre caminho para o desmonte do Sistema Único de Saúde e a entrega do setor para a terceirização e privatização total no futuro. Tal modelo de gestão, criticado pelo então candidato Ibaneis e agora proposto oficialmente pelo novo governo, não garante a melhoria do atendimento aos milhares de pacientes que dependem do serviço público de saúde do DF.

Por todas essas razões, a FIO reitera o apoio à luta do SODF e dos colegas cirurgiões-dentistas do DF contra esta ou qualquer outra tentativa do governo local que venha de encontro aos direitos da categoria e à necessidade da população do Distrito Federal por serviços públicos de saúde de qualidade.

Diretoria da Federação Interestadual dos Odontologistas