Nota de repúdio

16

O Sindicato dos Odontologistas do DF, vem a público repudiar os graves ataques desferidos, neste domingo (8), contra os prédios do Congresso Nacional, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Palácio do Planalto, em Brasília-DF, sedes dos Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo do Brasil.

Tais ataques, muito longe de serem manifestações pacíficas, são atos antidemocráticos e violentos e, portanto, criminosos, que devem ser veementemente rechaçados e sobre os quais deve pesar o rigor da lei, sendo responsabilizados todos os que cometeram e compactuaram para tais crimes.

No Estado Democrático de Direito, o poder, que emana do povo, deve ser exercido nos termos da Constituição Federal de 1988, a qual preceitua, como um dos seus princípios, que este Estado Democrático deve ser assegurado com base na harmonia e paz sociais, que, por sua vez, só se podem alcançar por meio da própria Democracia.

Não há, portanto, qualquer intenção pacífica e qualquer compromisso com o Estado Democrático de Direito por parte daqueles que agridem as instituições e os poderes que, justamente, representam a Democracia.

Liberdade de manifestação não é liberdade de manifestação quando usada a pretexto de violência, agressão e desrespeito aos Poderes Constituídos: é crime contra a Democracia, contra o Povo, contra a Nação.

Wendel Teixeira Santos
Presidente do Sindicato dos Odontologistas do DF