Carreata no DF protesta contra realização da Copa América no Brasil

254

Na manhã deste domingo (6/6), um grupo de brasileinses se reuniu para promover uma carreata contra a realização da Copa América no Brasil e pedindo mais vacinas contra a Covid-19. Por volta das 10h30, os manifestantes saíram do Palácio do Buriti, em direção à Esplanada dos Ministérios, com bandeiras de partidos de esquerda e faixas pedindo a saída do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Por volta das 12h, o protesto – intitulado “O Povo Não Quer Copa, o Povo Quer Vacina” – já havia sido encerrado. Segundo apurou a reportagem do Metrópoles, ao menos 80 veículos participaram da carreata, que se concentrou a partir das 9h30, deste domingo (6/6). A manifestação saiu do Palácio do Buriti e seguiu pelo Eixo Monumental até o Congresso Nacional. A dispersão ocorreu na Rodoviária do Plano Piloto, ocupando três faixas da via. O evento foi organizado pelo Partido dos Trabalhadores (PT-DF) e demais legendas de oposição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A manifestação ocorreu sem confrontos, durante a concentração, ainda em frente ao Palácio do Buriti o grupo recebeu buzinas de apoio e, também, gritos de motoristas que discordavam da pauta e de apoiadores de Jair Bolsonaro. De acordo com os participantes, apesar de os jogos acontecerem sem torcida, as delegações que chegarão ao DF, virão de lugares distintos, passando por diversos aeroportos e aumentando os índices de contaminação e a ocorrência de novas variantes do coronavírus.

“Além disso tudo, seriam canais de transmissão de variantes daqui para os países participantes da Copa América”, aponta nota divulgada pelo PT.

Dezenas de manifestantes colaram cartazes nos veículos com os dizeres: “O povo não quer Copa, o povo quer vacina”. A frase fazia alusão a entrega de imunizantes contra a Covid-19 – até o momento, 48.461.660 milhões de brasileiros (22,89% do total) tomaram a 1ª dose do imunizante.