DF começa a vacinar idosos na faixa dos 76 aos 78 anos nesta sexta A capital recebeu 25,5 mil novas doses da AstraZeneca nesta quarta-feira e aguarda novo carregamento de Coronavac

26

O Distrito Federal vai ampliar a campanha de vacinação contra a Covid-19 para idosos na faixa etária dos 76 aos 78 anos. Os interessados devem agendar atendimento a partir desta quinta-feira (25/2) – a imunização vai começar na sexta (26/2).

A medida foi decidida pelo Comitê de Operacionalização da Vacinação, da Secretaria de Saúde (SES), após reunião nesta quarta (24/2). De acordo com o GDF, assim que chegarem as 11 mil doses de Coronavac prometidas pelo governo federal, a faixa etária de 75 anos também será incluída. Maiores de 79 anos já vêm sendo imunizados no DF.

“A Secretaria de Saúde decidiu ampliar o grupo prioritário após a chegada de 25,5 mil doses da vacina Covishield, desenvolvida pela universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca. Além disso, continuarão sendo vacinados membros do grupo prioritário já incluído anteriormente, além de cerca de 9 mil profissionais de saúde da rede privada, que estão na linha de frente, mas ainda não foram vacinados”, informou a pasta.

A estimativa da Secretaria é de que haja 23.061 pessoas entre 76 e 78 anos vivendo na capital federal.

Agendamento on-line

O agendamento do público entre 76 e 78 anos para a primeira dose da imunização deve ser feito a partir das 16h desta quinta, no site vacina.saúde.df.gov.br.

A aplicação da primeira dose, a partir da sexta, ocorrerá em 42 pontos de vacinação, sendo 13 por drive-thru. A lista e os horários de funcionamentos das unidades para imunização estão disponíveis aqui e podem ser conferidos abaixo.

A vacinação dentro do carro ocorrerá exclusivamente por meio do agendamento eletrônico. Na página vacina.saude.df.gov.br, o usuário irá se cadastrar e poderá escolher o dia e horário para ser imunizado.

Veja como ficou a lista de grupos prioritários para vacinação após a ampliação da faixa etária: 

Confira aqui os postos de vacinação no DF:

Os planos de expansão da vacinação foram antecipados pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), nesta manhã, após o DF receber 25,5 mil unidades da AstraZeneca. “Essas doses já se encontram nos postos para distribuição”, afirmou o titular do Palácio do Buriti.

Ainda são aguardadas 11 mil doses da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Os imunizantes estão sendo repassados pelo Ministério da Saúde.

Compra direta

Sobre uma possível compra de vacinas diretamente pelo DF, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), Ibaneis acrescentou que não pretende fazê-la.

“Por enquanto, eu confio no Ministério da Saúde. Ele tem comprado todas as vacinas que têm aparecido. Tenho convicção de que vamos conseguir vacinar a nossa população de acordo com o cronograma estabelecido na última reunião com o ministro, que é ter, pelo menos, metade da população vacinada até o mês de junho ou julho. Sabemos das dificuldades por vacinas no mundo todo. Acho que criar essa guerra é competição entre municípios e estados, [o que] não é o mais salutar”, afirmou o governador