Conferência Distrital de Saúde discute pela democracia e direitos do setor

85

Democracia e saúde: Saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS é o tema abordado na 10ª Conferência Distrital de Saúde que teve abertura ontem em Brasília. O evento reúne usuários da rede pública do setor, trabalhadores e gestores do SUS para discutirem os rumos da saúde pública do Distrito Federal. Na ocasião, a presidente do SODF, Jeovânia Rodrigues, que é conselheira do segmento dos trabalhadores do Conselho de Saúde do DF, recebeu uma homenagem pela dedicação e organização do evento.

A Conferência, que acontece até sexta-feira (7), como uma forma de participação popular, é uma oportunidade aos profissionais da área de apresentar propostas que serão deliberadas na 16ª Conferência Nacional de Saúde, marcada para acontecer entre os dias 4 e 7 de agosto, cujo tema a ser discutido será o mesmo, em prol da democracia e saúde.

Legislação

Em 28 de dezembro de 1990 foi regulada a Lei nº 8.142 que estabelece a participação comunitária no contexto da saúde através das Conferências, que são realizadas a cada quatro anos com representação de vários segmentos sociais, a fim de avaliar e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde. É uma forma de entidades, gestores, servidores e usuários da área ganharem legitimidade para ocupar esses espaços e fazer jus a democracia popular e a gestão participativa no Sistema Único de Saúde (SUS).

SERVIÇO
10ª Conferência Distrital de Saúde
Data:
5 a 7 de junho
Local: Auditório do Instituto Serzedello Corrêa – SCES, Trecho 3, Lote 3.